Thursday, November 10, 2005

Aprendendo com textos I

Elaborei algumas reflexões sobre a questão do aprender a ler e aprender com a leitura a partir de experiências com o software Sherlock e de conversas com David Carraher durante o processo de produção do citada ferramenta. Vou publicar tais reflexões aos pedaços. Se alguém quiser me ajudar a melhorar tais reflexões ficarei imensamente agradecido. Aqui vai o primeiro pedaço:


A Gramática Natural


Por volta dos seis ou sete anos, as crianças já dominam praticamente toda a gramática de sua língua nativa. Essa , segundo os lingüistas, é uma façanha intelectual notável. A estrutura de qualquer idioma é extremamente complexa. Por que então a maior parte das pessoas odeia a gramática que lhe foi ensinada nas escolas?


A gramática dominada por crianças em idade pré-escolar não é constituída por regras formais e por um vocabulário esotérico. Ela funciona como algo natural que não precisa ser ensinado. As crianças aprendem-na sem esforço aparente. A gramática ensinada nas escolas, pelo contrário, é artificial e de difícil aprendizagem. Essa situação estranha acontece porque os sistemas educacionais enfrentam muitas dificuldades para reconhecer, utilizar e trabalhar com os conhecimentos que as crianças já dominam antes de chegar às escolas. Culpa dos educadores? Provavelmente não. Articular conhecimento prévio com o conhecimento a ser aprendido não é uma tarefa banal. Exige muito dos profissionais de educação. Uma das exigências, no caso, é a de ativar as capacidades metacognitivas dos aprendizes. Ou seja, a de ajudar quem aprende a tomar consciência de seus próprios conhecimentos, de suas capacidades cognitivas, de suas estratégias de aprendizagem. A gramática aprendida na primeira infância, assim como muitas outras coisas que nos capacitam a levar a vida em nosso mundo, é inconsciente. Em outras palavras, nós não temos idéia do quanto sabemos, nem de como funciona nosso sistema de saber. Pensar sobre o próprio saber (metacognição) é uma arte que requer muita técnica e ferramentas especiais

4 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Mike Pegg of Google Maps Mania Profiled
I've not met Mike, keeper of the great Google Maps Mania, but we do e-mail to share tips.
Find out how to buy and sell anything, like things related to road construction safety equipment on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like road construction safety equipment!

10:30 AM  
Anonymous Fátima said...

Olá, professor:
Este tema é ótimo.Já me deu muito pano prá manga.
Acho que o problema não é do professor.É da formação do professor, que em sua maioria desconhee o que é metacognição.Daí a dificuldade que o profisisonal tem em entender as estratégias de uso da linguagem e consequentemente, de contribuir para que o aluno as compreenda. Por isto é mais fácil listar regras da gramática normativa.
Gostaria muito de conhecer o soft do Carraher. Onde pode ser enecontrado?

4:28 PM  
Blogger Jarbas said...

Alô Fátima,

Obrigado pelo comentário. Estou enviando para seu e-mail uma resposta mais circunstanciada sobre onde encontrar o soft do David Carraher. O material é uma publicação da Editora Senac.sp e foi reeditado recentemente (2004) uma vez que a primeira versão já não rodava mais nas máquinas que temos hoje.

Em mais "capítulos" vou continuar meus comentários sobre o aprender a ler e o aprender lendo. Não sou um profissional das letras. Por isso, meus comentários são coisas de leigo. Por outro lado são registros resumidos de muitas conversas que tive com o criador do Sherlock.

Abraço,

Jarbas

3:47 AM  
Blogger answer-man said...

ps I'm having a little trouble sending comments so if I do it twice please excuse me and I apologize.

6:25 PM  

Post a Comment

<< Home