Sunday, February 22, 2009

Cantoras Peruanas

O título deste post poderia ser outro: IgnorânciaTupiniquim. Uma coisa que aprendi há muitos anos é que nós somos muito ignorantes. Pouco sabemos de outros povos, inclusive de nossos vizinhos da América do Sul. Em encontros com colombianos, chilenos, urugauaios, peruanos e argentinos sempre fiquei impressionado com o nível de informações culturais, históricas, políticas e econômicas que ele tem sobre os países do continente. O Brasil, isolado, auto-suficiente, meio americano e meio francês, pouco ou nada sabe de los hermanos.

Nos últimos anos descobri parte da música de nosso continente. Descobri maravilhas musicais argentinas, chilenas e uruguaias. Descobri que a música peruana é muito rica e deveria ser conhecida - e apreciada - no Brasil. Ouvir música de povos de nosso continente pode ser uma aventura educacional interessante. Pode despertar interesse por culturas que estão ali, logo depois da fronteira.

Para não ficar só na constatação e conversa, faço aqui um convite: ouça quatro cantoras peruanas cujas vozes são um presente para ouvidos que gostam de escutar boa música.

1. Chabuca Granda

A grande dama da música peruana é Chabuca Granda. Compositora de clássicos e ótima intérprete, Chabuca é a referência mais importante da canção no país dos incas. Provavelmente, sua canção mais famosa é José Antonio. Ouça-a na versão que segue.



2. Tania Libertad

Outra grande cantora peruana chama-se Tania Libertad. Depois de um começo de carreira em seu país, acabou indo para o México de onde se projetou internacionalmente. Ouça-a aqui num dueto com Joan Manoel Serrat em Papel Mojado.



3. Susana Baca

Todas as cantoras aqui apresentadas tem ligações com a música negra peruana. Mas Susana Baca provavelmente é que está mais próxima das raízes africanas. Escolhi Poema como música que pode dar uma idéia da arte de Susana.



4. Eva Ayllon

Eva Ayllon canta ritmos peruanos de toda parte. Canta música negra. Canta grandes sucessos de música latina. Escolhi um tondero, Esta es mi tierra, para apresentar Eva nesta mensagem.

3 Comments:

Blogger Fátima Campilho said...

Na verdade, Jarbas, pouco sabemos das histórias do nosso país,até mesmo das pessoais.É por isso que admiro os colombianos. Todos os anos, eles lotam um espaço como um Maracanã para ouvir os contadores de histórias.A recuperação e a valorização da nossa tradição é necessária e urgente. Ainda bem que há grupos preocupados com isto.
Abraços

4:34 PM  
Blogger Jordi Quintana said...

This comment has been removed by the author.

10:54 AM  
Blogger Jordi Quintana said...

Apreciado Prof Jarbas. Soy Jordi Quintana de Barcelona, profesor de la UB, que además de usuario y divulgador de las WQ (http://www.ub.edu/ice/universitat/quaderns.htm, vea cuaderno núm. 11), también soy un amante de la música peruana, y en especial de las cantantes.

Le recomiendo descubrir a la ya fallecida Yma Sumac, sobre la que escribí un post en mi bloc (http://moleskinequintana.blogspot.com/search/label/Yma%20Sumac). Como que está en catalán, puede utilizar el traductor de páginas web del Catalán al Castellano (http://traductor.gencat.cat/jsp/go2url.jsp?locale=ca).

Por cierto, del 30/98 al 2/09 voy a participar en el X Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores, en un Seminario con J. A. Valente. Si por casualidad usted estuviera en el Congreso, estaría encantado de saludarlo, y si le parece oportuno, poder charlar un rato.

Atenciosamente

10:55 AM  

Post a Comment

<< Home